Cirurgia dentaria e sua saúde

Os cuidados para obter uma boa saúde bucal são importantes para garantir que diversas tarefas possam ser realizadas sem comprometer a sua rotina. Isso porque problemas nessa região podem dificultar a:

  • Dieta: dores de dente, nervos inflamados ou complicações na gengiva, por exemplo, podem dificultar a mastigação e, consequentemente, a alimentação da pessoa;
  • Comunicação: a má higienização pode provocar acúmulo de bactérias que processam restos de comida e liberam gases, provocando mau hálito;
  • Estética: ter dentes alinhados e um sorriso bonito ajuda na rotina de trabalho e nas interações e relacionamentos com outras pessoas.

Quando a higienização não é feita de maneira correta a manutenção dos dentes é comprometida, de modo que em alguns casos é necessário apelar para cirurgia dentaria como forma de solucionar o problema.

Cirurgia dentaria: medidas para reduzir o desconforto pós-operação

A extração de dentes é feita por pequenos procedimentos cirúrgicos, como a cirurgia dentaria. Sendo assim, é preciso tomar certos cuidados, como em qualquer outro tipo de operação, evitando problemas como infecções no local da extração que geram dores bem agudas.

Com relação a cicatrização correta da gengiva, é importante tomar cuidados para formação de coágulos de sangue no local. Para corroborar com esse processo é recomendável ao paciente que:

  • Faça a higienização por meio da escovação normal, evitando excesso de força ao enxaguar a boca, ao escovar o local ou cuspir;
  • Evite o contato direto no local onde houve a remoção do dente, seja com a língua, dedo, talher ou qualquer outro tipo de objeto;
  • Procure mastigar com lado oposto ao do dente retirado, evitando o comprometimento da formação do coágulo;
  • Não fume;
  • Não ingira bebidas por meio de canudos;
  • Evite assoar o nariz de maneira brusca;
  • Evite comer alimentos muito duros ou quentes, que podem abrir a ferida.

Cirurgia dentaria: extração do siso

A cirurgia dentaria é muito famosa principalmente por conta do dente do siso. Esse procedimento pode ser feito para extração do dente quando este já nasceu ou quando estão presentes mas permanecem dentro da gengiva, caso conhecido como o siso incluso. O dente do siso, ou terceiro molar, deve ser extraído quando estes comprometem a arcada dentária “empurrando” os demais dentes, quando sua higienização não pode ser feita de maneira adequada, quando sua presença altera a oclusão da pessoa, entre outros motivos.


Publicações Relacionadas

Regiões onde a Consulta Ideal atende cirurgia dentaria:


cirurgia dentaria
cirurgia dentaria