Cirurgia ortognatica classe 2 é o alinhamento da mandíbula com o maxilar

É muito comum as pessoas se confundirem a respeito dos tipos de cirurgias ortognaticas existentes. Isso acontece porque existem 3 tipos, e cada uma tem uma característica específica. Se tratando a cirurgia ortognatica classe 2, refere-se às pessoas que tenham a parte da mandíbula mais para trás do que o maxilar, causando uma desalinhamento na região do rosto.

Geralmente as pessoas que mais se submetem a cirurgia ortognatica classe 2, são aquelas que querem melhorar a sua aparência. Porque ao apresentar uma deformidade na face, região que é a nossa porta de entrada para o mundo, elas se sentem receosas em fazer algumas coisas. Então, querendo acabar com esse impasse, procuram soluções que sejam benéficas a elas, e um desses procedimento, é a cirurgia ortognatica classe 2.

Cirurgia ortognatica classe 2 é recomendada para maiores de 18 anos

Ninguém gosta de ter um desalinhamento em nenhuma parte do corpo. Então, para solucionarem esse problema em questão, sempre buscam procedimento que melhores se alinhem, o que não está certo. E quando se trata da região bucal, as pessoas tendem a optar pela cirurgia ortagnatica classe 2. Porém, nesse procedimento específico, não são todas as pessoas que podem realizar. Só estão aptos a passarem por essa operação, quem tem a mandíbula, ou seja, a parte de baixo da nossa boca, onde fica o queixo, mais para dentro em relação ao maxilar.

Mas, essa não é a única restrição para realizar a cirurgia ortognática classe 2. Mulheres com menos de 18 anos, e homens menores de 20, também não podem estar passando por esse tipo de operação. E isso acontece porque a cirurgia ortognatica classe 2 pode mexer diretamente com o osso, e como pessoas com idade menor do que as apresentadas ainda se encontram em fase de crescimento, a interferência pode danificar a parte que deveria ser consertada com a cirurgia ortognatica classe 2.

Existem alguns motivos que levam as pessoas a se submeterem a cirurgia ortognatica classe 2. Ou seja, pode ser por motivo de estética, ou por causa de alguns problemas que estejam interferindo na saúde, ou desenvoltura. Os mais comuns de serem vistos são:

  • Problema fonético;

  • Sorriso torno;

  • Mastigação incorreta;

  • Sono interrompido;

  • Respiração irregular.

Uso de parafuso de titânio

Como a cirurgia ortognatica classe 2, nada mais é do que soltar a mandíbula e recolocá-la da maneira correta, é necessário utilizar algum objeto que garanta a fixação daquela parte depois que foi arrumada. Nesse caso, durante a cirurgia ortognatica classe 2, quando houver o alinhamento da mandíbula com o maxilar, o parafuso de titânio é utilizado para fazer essa fixação. E isso acontece porque ele é um material que garante a junção das partes, e não prejudica a saúde humana, por outro lado, se adapta aos ossos.


Publicações Relacionadas

Regiões onde a Consulta Ideal atende cirurgia ortognatica classe 2:


P