Cirurgia de maxilar: um procedimento para correções de disfunções

A cirurgia de maxilar é uma intervenção atrelada ao tratamento de pacientes que:

  • Estão insatisfeitos com o tamanho ou formato de seus maxilares;
  • Tem deslocamentos na posição de seu maxilar, o que dificulta sua comunicação, respiração ou alimentação;
  • Apresentam traumas que provocaram deslocamentos ou lesões;
  • Apresentaram crescimento de maneira desproporcional dos ossos.

Desse modo, é muito comum esses pacientes sentirem dores ou desconforto ao falar, mastigar ou mesmo dificuldades para respirar.

Cirurgia de maxilar: a cirurgia ortognótica

Quando se trata da cirurgia de maxilar é comum ouvir o termo cirurgia ortognótica, um nome genérico dado para o procedimento que tem como objetivo a reconstituição de um padrão facial mais harmônico em pacientes que manifestaram desequilíbrios no desenvolvimento ósseo de seu rosto. Esse tipo de tratamento alia dois tipos de tratamentos: um ortodôntico com um cirúrgico. Essa associação consegue atender as exigências estéticas do paciente, assim como proporcionar melhorias funcionais que melhoram sua qualidade de vida.

A cirurgia de maxilar costuma ser realizada em hospitais por conta dos riscos atinentes ao procedimento, como a aplicação de anestesia geral. Além disso, pode haver necessidade de internação, sendo que o período pode variar de um a dois dias.

Com relação ao processo de recuperação a cirurgia de maxilar não costuma provocar dores após o procedimento, de modo que o desconforto maior fica por conta do inchaço na região que dificulta a alimentação. Apesar do processo pós-operatório variar, é comum que cada paciente permaneça em repouso nos primeiros 20 dias, de modo que nesse período sua dieta deve contar apenas com a ingestão de líquidos e alimentos de baixa consistência, como os de aspecto pastoso. Após 50 dias já possível mastigar normalmente e retornar aos hábitos alimentares sem maiores complicações. Vale lembrar que durante esse período deve haver acompanhamento e o devido controle de anti-inflamatórios e analgésicos.

Os benefícios da cirurgia de maxilar

Antes de adotar qualquer processo cirúrgico é preciso verificar a sua real necessidade. Sendo assim, é interessante e recomendável a realização de consultas com mais de um profissional da área cirúrgico dentária para obter o parecer de diferentes especialistas, e analisar se é necessário passar por uma cirurgia de maxilar ou se há um tratamento alternativo.

Assim, quando necessário, a cirurgia de maxilar promove bem-estar ao paciente, de forma que este se beneficia por parar de sentir dores, conseguir mastigar direito, respirar sem dificuldades além de contar com um visual mais harmônico.

Publicações Relacionadas

Regiões onde a Consulta Ideal atende cirurgia de maxilar:


P